Sua empresa segue a norma de utilização de divisórias sanitárias?

A NR24 é uma norma que regulamenta as condições das áreas dos banheiros e lavatórios das empresas que se enquadram nos requisitos mínimos, podendo haver cobrança de multa caso a empresa não siga os critérios exigidos.

A norma exige que as instalações sanitárias devem conter:

24.1 Instalações sanitárias.

24.1.1 Denomina-se, para fins de aplicação da presente NR, a expressão:

a) aparelho sanitário: o equipamento ou as peças destinadas ao uso de água para fins higiênicos ou a receber águas servidas (banheira, mictório, bebedouro, lavatório, vaso sanitário e outros);

b) gabinete sanitário: também denominado de latrina, retrete, patente, cafoto, sentina, privada, WC, o local destinado a fins higiênicos e dejeções;

c) banheiro: o conjunto de peças ou equipamentos que compõem determinada unidade e destinado ao asseio corporal.

24.1.2 As áreas destinadas aos sanitários deverão atender às dimensões mínimas essenciais. O órgão regional competente em

Segurança e Medicina do Trabalho poderá, à vista de perícia local, exigir alterações de metragem que atendam ao mínimo de conforto exigível. É considerada satisfatória a metragem de 1 metro quadrado, para cada sanitário, por 20 operários em atividade.

24.1.11 Os banheiros, dotados de chuveiros, deverão:

d) ter portas de acesso que impeçam o devassamento, ou ser construídos de modo a manter o resguardo conveniente;

e) ter piso e paredes revestidos de material resistente, liso, impermeável e lavável.

24.1.18 As paredes dos sanitários deverão ser construídas em alvenaria de tijolo comum ou de concreto e revestidas com material impermeável e lavável.

24.1.26 Os gabinetes sanitários deverão:

a) ser instalados em compartimentos individuais, separados;

b) ser ventilados para o exterior;

c) ter paredes divisórias com altura mínima de 2,10m e seu bordo inferior não poderá situar-se a mais de 0,15 m acima do pavimento;

d) ser dotados de portas independentes, providas de fecho que impeçam o devassamento;

e) ser mantidos em estado de asseio e higiene;

f) possuir recipientes com tampa, para guarda de papéis servidos, quando não ligados diretamente à rede ou quando sejam destinados às mulheres.

Como pode-se ver acima, a norma exige que a empresa siga os padrões estipulados nas instalações sanitárias. Fique atento (a) para avaliar se sua empresa já está dentro da norma! 

Quer saber mais informações sobre os tipos de instalações existentes no mercado entre em contato com um de nossos especialistas que eles vão te dar todas as orientações. 

Fonte: http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr24.htm

CTA FALE COM UM DE NOSSOS ESPECIALISTAS 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *